quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Horóscopo Chinês




A lenda chinesa dos doze animais


Segundo uma antiga lenda chinesa, Buda convidou todos os animais da criação para uma festa de Ano Novo, prometendo uma surpresa a cada um dos animais. Apenas doze animais compareceram e ganharam um ano de acordo com a ordem de chegada: o Rato ou Camundongo; O Boi ou Búfalo (Vaca, na Tailândia); o Tigre (Pantera, na Mongólia); O Coelho (Gato, na Tailândia ); o Dragão(Crocodilo, na Pérsia); a Cobra ou Serpente (Pequeno Dragão, na Tailândia ); o Cavalo; a Cabra, bode ou Carneiro; o Galo ou Galinha; o Macaco; o Cão; o Porco ou Javali. O Cavalo de Fogo rege a cada 60 anos.


De acordo com um antigo texto budista, quando os animais terminam suas meritórias tarefas, fazem um juramento solene perante os budas de que um deles estará sempre, por um dia e por uma noite, pelo mundo, pregando e convertendo, enquanto os outros onze ficam praticando o bem em silêncio. O Rato inicia sua jornada no primeiro dia da sétima Lua; procura persuadir os nativos do seu signo a praticarem boas ações e a corrigirem os defeitos de seus temperamentos. Os demais bichos fazem o mesmo, sucessivamente, e o Rato reinicia seu trabalho no 13º dia. Assim, graças ao trabalho constante dos animais, os budas garantem uma certa ordem no universo.


Signos no Zodíaco Chinês de acordo com data de nascimento


Logo abaixo, relacionamos todos os signos que compõem a Astrologia chinesa, mas, antes, vale lembrar que para calcularmos com mais precisão o signo chinês de uma pessoa, são necessários os seguintes dados para a análise dos mesmos: 1º) data de nascimento - dia/mês/ano [é com estas informações que descobrimos o nosso signo lunar, assim como a polaridade (Yin/Yang) do mesmo]; e 2º) horário de nascimento - hora/minutos (é com isto que descobrimos qual é o nosso signo ascendente).


RATO - Nome Chinês : Shú

10/02/1948 a 28/01/1949
28/01/1960 a 14/02/1961
15/02/1972 a 02/02/1973
02/02/1984 a 19/02/1985
19/02/1996 a 06/02/1997
07/02/2008 a 25/01/2009


Elementos de Sorte:

Nome do Signo em Chinês: SHU
Nome do Signo em Japonês: NEZUMI
Ordem de colocação: primeiro
Horas governadas pelo signo: 23:01 à 1:00 horas
Direção: Sul
Estação e mês principal no Oriente: verão/agosto
Elemento fixo: Terra
Polaridade: Yang
Planeta regente: Saturno
Pedras: turquesa, topázio, carbúnculo e rubi
Erva: arnica
Perfume: camomila
Cores: todos os tons suaves
Flor: crisântemo
Parte do corpo: cabeça
Polaridade: Yang
Tipo de animal: de pele lisa
Número de sorte: 3
Dia de sorte: quinta-feira
Domicílio astral: Pássaro roxo
Proteção: Daikoka (deus da fortuna e da agricultura)

***

BOI - Nome Chinês : Niú

29/01/1949 a 16/02/1950
15/02/1961 a 04/02/1962
03/02/1973 a 22/01/1974
20/02/1985 a 08/02/1986
07/02/1997 a 27/01/1998
26/01/2009 a 13/02/2010


Elementos de Sorte:

Nome do Signo em Chinês: NIÚ
Nome do Signo em Japonês: UCHI
Ordem de colocação: segundo
Horas governadas pelo signo: 1:01 às 3:00 horas
Direção: Sul
Estação e mês principal no Oriente: verão/julho
Elemento fixo: Fogo
Polaridade: Yin
Planeta regente: Marte
Pedras: turquesa, pérola e esmeralda
Erva: malva
Perfume: pinho
Cores: preto, marrom, amarelo e cinzento
Flor: jasmim
Parte do corpo: garganta
Tipo de animal: com penas
Domicílio astral: Pássaro roxo
Número de sorte: 8
Dia de sorte: sábado
Proteção: Daikoka (deus da fortuna e da agricultura)


***

TIGRE - Nome Chinês : Hú

17/02/1950 a 05/02/1951
05/02/1962 a 24/01/1963
23/01/1974 a 10/02/1975
09/02/1986 a 28/01/1987
28/01/1998 a 15/02/1999
14/02/2010 a 02/02/2011


Elementos de Sorte:

Nome do Signo em Chinês: HU
Nome do Signo em Japonês: TORA
Ordem de colocação: terceiro
Horas governadas pelo signo: 3:01 às 5:00 horas
Direção: Sul
Estação e mês principal no Oriente: verão/junho
Elemento: Fogo
Polaridade: Yang
Planeta regente: Marte
Pedras: safira, opala e esmeralda
Erva: sabugueiro
Perfume: canela
Cores: branco, rosa, coral e marrom
Flor: orquídea
Número de sorte: 4
Dia de sorte: sábado
Parte do corpo: braços
Tipo de animal: com penas
Domicílio astral: Pássaro roxo
Proteção: Jurojin (deus da longevidade)

***


COELHO - Nome Chinês : Tú

06/02/1951 a 26/01/1952
25/01/1963 a 12/02/1964
11/02/1975 a 30/01/1976
29/01/1987 a 16/02/1988
16/02/1999 a 04/02/2000
03/02/2011 a 22/01/2012


Elementos de Sorte:

Nome do Signo em Chinês: TÚ
Nome do Signo em Japonês: USSAGUI
Ordem de colocação: quarto
Horas governadas pelo signo: 5:01 às 7:00 horas
Direção: leste
Estação e mês principal do Oriente: primavera/maio
Elemento fixo: Madeira
Polaridade: Yin
Planeta regente: Júpiter, Saturno (último decanato)
Pedras: ametista, água-marinha e ágata
Erva: açafrão
Perfume: patchuli
Cores: verde, cinza, azul e branco
Flor: amor-perfeito
Parte do corpo: seios
Tipo de animal: com escamas
Número de sorte: 7
Dia de sorte: quinta-feira
Domicílio astral: Dragão azul
Proteção: Hotei ( deus da saúde e das crianças)


***

DRAGÃO - Nome Chinês : Long

08/02/1940 a 26/01/1941
27/01/1952 a 13/02/1953
13/02/1964 a 01/02/1965
31/01/1976 a 17/02/1977
17/02/1988 a 05/02/1989
05/02/2000 a 24/01/2001
23/01/2012 a 09/02/2013



Elementos de Sorte:

Nome do Signo em Chinês: LONG
Nome do Signo em Japonês: RIYÚ

Ordem de colação: quinto
Horas governadas pelo signo: 7:01 às 9:00 horas
Direção: leste
Estação e mês principal no Oriente: primavera/abril
Elemento fixo: Madeira
Polaridade: Yang
Planeta regente: Júpiter
Pedras: diamante, rubi e ametista
Erva: alecrim
Perfume: hortelã
Cores: vermelho(todos os tons), branco e azul
Flor: gerânio
Número de sorte: 9
Dia de sorte: terça-feira

Parte do corpo: coluna vertebral
Tipo de animal: com escamas
Domicílio astral: Dragão azul
Proteção: Bishamon (deus da justiça e das batalhas)

***

SERPENTE - Nome Chinês : Shé

27/01/1941 a 14/02/1942
14/02/1953 a 02/02/1954
02/02/1965 a 20/01/1966
18/02/1977 a 06/02/1978
06/02/1989 a 26/01/1990
25/01/2001 a 11/02/2002
10/02/2013 a 30/01/2014

Elementos de Sorte:


Nome do Signo em Chinês: SHÉ

Nome do Signo em Japonês: REBÍ

Horas governadas: 9:01 às 11:00 horas
Ordem de colocação: sexto
Direção: Leste
Estação e mês favorável no Oriente: primavera/março
Elemento fixo: Madeira
Polaridade: Yin
Planeta regente: Júpiter
Metal: cobre
Pedra: Água-marinha, ágata, jade e turquesa
Erva: babosa
Perfume: âmbar
Cores: azul, verde-claro e branco
Flor: urze e cravo
Parte do corpo: o ventre
Tipo de Animal: com escamas
Número de sorte: 6
Dia de sorte: sexta-feira 
Domicílio Astral: Dragão Azul
Proteção: Bentem (deusa da beleza e da música)

***

CAVALO - Nome Chinês : Ma

15/02/1942 a 04/02/1943
03/02/1954 a 23/01/1955
21/01/1966 a 08/02/1967
07/02/1978 a 27/01/1979
27/01/1990 a 14/02/1991
12/02/2002 a 31/01/2003
31/01/2014 a 18/02/2015

Elementos de Sorte:


Nome do Signo em Chinês: MA
Nome do Signo em Japonês: UMÁ

Ordem de colocação: sétimo
Horas governadas pelo signo: 11:01 às 13:00 horas
Direção: norte
Estação e mês principal no Oriente: inverno/fevereiro
Elemento fixo: Água
Polaridade: Yang
Planeta regente: Mercúrio, Saturno (último decanato)
Pedras: topázio, esmeralda, pérola e rubi
Erva: erva-doce
Perfume: flor-do-campo
Cores: azul, verde, ouro e cinza
Flor: margarida
Parte do corpo: órgãos genitais internos

Tipo de animal: de pele dura
Domicílio astral: Guerreiro negro
Proteção: Fukurokuju (deus da sabedoria)
Número de sorte: 5
Dia de sorte: quarta-feira


***


CABRA - Nome Chinês: Yáng

05/02/1943 a 24/01/1944
24/01/1955 a 11/02/1956
09/02/1967 a 29/01/1968
28/01/1979 a 15/02/1980
15/02/1991 a 03/02/1992
01/02/2003 a 21/01/2004
19/02/2015 a 07/02/2016


Elementos de Sorte:


Nome do Signo em Chinês: YANG
Nome do Signo em Japonês: RHITUJI

Ordem de colocação: oitavo
Horas governadas pelo signo: 13:01 às 15:00 horas
Direção: Norte
Estação e mês principal no Oriente: inverno/janeiro
Elemento fixo: Água
Polaridade: Yin
Planeta regente: Mercúrio
Pedras: água-marinha, ágata e ametista
Erva: rosa-branca
Perfume: lírio branco
Cores: vermelho, azul, branco e prateado
Flor: rosa
Parte do corpo: órgãos genitais externos

Tipo de animal: de pele dura
Domicílio astral: Guerreiro negro
Proteção: Hotei ( deus da saúde e das crianças)
Número de sorte: 2
Dia de sorte: segunda-feira


***


MACACO - Nome Chinês: Hóu


25/01/1944 a 12/02/1945
12/02/1956 a 30/01/1957
30/01/1968 a 16/02/1969
16/02/1980 a 04/02/1981
04/02/1992 a 22/01/1993
22/01/2004 a 08/02/2005
08/02/2016 a 27/01/2017


Elementos de Sorte:


Nome do Signo em Chinês: HÓU
Nome do Signo em Japonês: SARU

Ordem de colocação: nono
Horas governadas pelo signo: 15:01 às 17:00 horas
Direção: Norte
Estação e mês principal no Oriente: inverno/dezembro
Elemento fixo: Água
Polaridade: Yang
Planeta regente: Mercúrio
Pedras: rubi, granada e topázio
Erva: cravo
Perfume: sândalo
Cores: verde-claro, laranja, azul, cinza e ouro
Flor: girassol
Parte do corpo: quadris

Tipo de animal: de pele dura
Domicílio astral: Guerreiro negro
Proteção: Ebisu ( deus da fartura e da pesca)
Número de sorte: 1
Dia de sorte: domingo


***


GALO - Nome Chinês: Ji

13/02/1945 a 01/02/1946
31/01/1957 a 17/02/1958
17/02/1969 a 05/02/1970
05/02/1981 a 24/01/1982
23/01/1993 a 09/02/1994
09/02/2005 a 28/01/2006
28/01/2017 a 18/02/2018


Elementos de Sorte:


Nome do Signo em Chinês: JI
Nome do Signo em Japonês: TORI
Ordem de colocação: décimo
Horas governadas pelo signo: 17:01 às 19:00 horas
Direção: Oeste
Estação e mês principal no Oriente: outono/novembro
Elemento fixo: Metal
Polaridade: Yin
Planeta regente: Vênus, Saturno (último decanato)
Pedras: turmalina verde, topázio e rubi
Erva: tília
Perfume: verbena
Cores: amarelo, azul e carmesim
Flor: verbena
Parte do corpo: joelhos
Tipo de animal: com pelos
Domicílio astral: Tigre branco
Proteção: Fukurokuju ( deus da sabedoria)
Número de sorte: 5
Dia de sorte: quarta-feira

***


CÃO - Nome Chinês: Gou


02/02/1946 a 21/01/1947
18/02/1958 a 07/02/1959
06/02/1970 a 26/01/1971
25/01/1982 a 12/02/1983
10/02/1994 a 30/01/1995
29/01/2006 a 17/02/2007
19/02/2018 a 04/02/2019


Elementos de Sorte:


Nome do Signo em Chinês: GOU
Nome do Signo em Japonês: INU

Ordem de colocação: décimo primeiro
Horas governadas pelo signo: 19:01 às 21:00 horas
Direção: Oeste
Estação e mês principal no Oriente: outono/outubro
Elemento fixo: Metal
Polaridade: Yang
Planeta regente: Vênus
Pedras: safira, esmeralda, opala e jade
Erva: jasmim
Perfume: alfazema
Cores: rosa e todos os tons claros
Flor: lírio
Parte do corpo:  os tornozelos

Tipo de animal: com pelos
Domicílio astral: Tigre branco
Proteção: Bentem (deusa da beleza e da música)
Número de sorte: 6
Dia de sorte: sexta-feira


***


JAVALI - Nome Chinês: Zhu

22/01/1947 a 09/02/1948
08/02/1959 a 27/01/1960
27/01/1971 a 14/02/1972
13/02/1983 a 01/02/1984
31/01/1995 a 18/02/1996
18/02/2007 a 06/02/2008
05/02/2019 a 24/01/2020


Elementos de Sorte:


Nome do Signo em Chinês: ZHU
Nome do Signo em Japonês: INOCHICHI

Ordem de colocação: décimo segundo
Horas governadas pelo signo: 21:01 às 23:00 horas
Direção: Oeste
Estação e mês principal no Oriente: outono/setembro
Elemento fixo: Metal
Polaridade: Yin
Planeta regente: Vênus
Pedras: topázio, ametista e ágata
Erva: tomilho
Perfume: almíscar
Cores: azul, violeta e laranja
Flor: dália
Parte do corpo: os pés

Tipo de animal: com pelos
Domicílio astral: Tigre branco
Proteção: Bishamon (deus da justiça e das batalhas)
Número de sorte: 9
Dia de sorte: terça-feira

***
Fonte: Minami Keizi

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Inferno Astral?

(imagem do google)

ESSA NÃO!!!

CHEGOU MEU
INFERNO ASTRAL!


por Carlos Hollanda


Calma, gente, não é bem por aí. Vamos agora entender racional e imparcialmente de que se trata esta fase que precede o aniversário e que chega a assustar algumas pessoas.

O assunto "inferno astral" gera uma certa polêmica até mesmo entre astrólogos profissionais. Para a maioria das pessoas, no entanto, falar sobre isso é uma boa justificativa para culpar os céus pelas coisas que deram errado. Bom, não é? É ótimo podermos arrumar um bode expiatório para tudo o que não queremos que seja nossa responsabilidade. Só tem um probleminha: somos donos de nosso destino e, como os astrólogos devidamente formados filosoficamente sempre dizem, não existe uma influência "benéfica" ou "maléfica" vinda de fora de nós mesmos. Nós fazemos as coisas acontecerem.

Vejam só: existem várias formas de classificar o chamado "inferno astral". Uma delas diz que ele se inicia 40 dias antes do aniversário. Outra diz que é nos últimos 30 dias antes do aniversário. Outra já fala que é apenas durante a passagem do Sol pelo signo que precede nosso signo de nascimento. Como? Assim: se você é de Libra, o signo que precede o seu é Virgem, portanto, Virgem seria seu inferno astral. Bom, não preciso citar todas as formas imaginadas para identificar o período. Já deu para ter uma idéia, não? Pois bem, repararam que estamos falando de um período que precede um começo? Ora, o aniversário não é um começo? O aniversário é uma repetição do ciclo do Sol, que chega exatamente ao ponto em que estava no momento em que nascemos. Reiterando algo que já foi dito em vários outros artigos quando alguém diz "meu signo é tal", esse alguém está se referindo ao signo onde se encontra o Sol. É o signo solar, portanto. A propósito, como o movimento da Terra não equivale a 365 dias exatos em torno do Sol, nem todo ano ele estará no grau em que está no mapa no dia em que comemoramos o aniversário. O aniversário do grau solar pode ocorrer um ou dois dias antes ou depois.

Se o inferno astral precede o reinício do ciclo solar, isso quer dizer que ele é o final de um ciclo, concordam? Muito bem, reparem, e isso é comum na tradição astrológica, como todos os finais de ciclos são desgastantes, às vezes tristes, outras vezes cheios de ansiedade. Exemplos de final de ciclo a fase tensa antes do fechamento de uma grande empresa, a fase do término da infância e início da adolescência, a gradativa perda de vitalidade durante o término da juventude, a tediosa ou tensa fase que precede o fim de um namoro. São finais e, ao mesmo tempo, fases preparatórias para o recomeço. Toda fase preparatória é difícil, pois estamos aprendendo a lidar com coisas ainda latentes que vão-se apresentando à nossa consciência para serem trabalhadas e operacionalizadas. Isso explica o fato de muitas pessoas sentirem uma certa diferença na época imediatamente anterior ao aniversário. O que explica as adversidades, todavia, são 3 fatores

a) ciclos de vida (aspectos astrológicos) que coincidem com a fase,

b) processos de causa e efeito,

c) a atitude mental.

A letra "a", fala de ciclos maiores que contém, inclusive, o mês que classificamos como "inferno astral". Um período de transformações e de conscientização dos próprios limites pode ser confundido com um agravamento de condições difíceis supostamente provocadas pelo inferno astral. Um dos vários exemplos é o trânsito de Saturno pelo Sol de nascimento. Por outro lado, ciclos considerados favoráveis podem estar ocorrendo e contrariando o que se diz sobre o inferno astral. Durante o mês anterior ao aniversário, Júpiter em trânsito pode estar em conjunção com Vênus do mapa natal, o que corresponde, em teoria, a uma fase afortunada nos afetos e nas finanças.

A letra "b" fala de nossas atitudes e de nossas convicções que podem ter causado exatamente aquilo que os ciclos sugeridos na letra "a" indicam. Causa: há 3 meses você vem faltando e chegando atrasado(a) no trabalho e ainda fala mal do patrão logo para um puxa-saco. Efeito: "rua", justo quando chega o "inferno astral". Aí você pensa "claro, estou passando pelo inferno astral", e convence a si que foi um elemento externo e não você quem causou o problema.

A letra "c" fala do mais importante dos três processos o que você acredita é o que você é. O que você cria na mente, você faz acontecer no cotidiano, mesmo que não perceba. Se você diz "Xiii… chegou meu inferno astral. Agora tudo vai dar errado.", então vai mesmo dar tudo errado. O universo inteiro vai conspirar a seu favor, quer dizer, contra você, pois seu próprio pensamento está contra você. Tudo o que enfiamos na cabeça a respeito do período, seja graças à mídia, seja à nossa falta de senso crítico, que nos torna excessivamente vulneráveis à mídia, tende a ser confirmado. Isso acontece também porque nossa mente é seletiva. Vemos o que queremos ver, ouvimos o que queremos ouvir e entendemos o que queremos entender. Se estamos predispostos à negatividade de pensamento, então para nós um pirulito, em vez de parecer ser um doce gostoso, vira um veneno que provoca cáries e cujos corantes artificiais vão-nos provocar câncer (a doença, não o signo).

O que pouquíssimas pessoas lembram, é que mesmo durante a fase que precede o aniversário (que, segundo se popularizou, é cheia de dificuldades), existem pessoas (muitas) que passam pela fase tranqüila e alegremente. Não se trata somente de um olhar positivo sobre a vida, o que, é claro, reduz tremendamente as adversidades. Trata-se de um ciclo de vida individual que está sendo processado. O que foi dito na letra "a" a respeito de um ciclo mais difícil, também se aplica a um ciclo cheio de oportunidades que abrange também a época antes do aniversário, tornando-o muito feliz a despeito do inferno astral.

Claro a atitude mental conta bastante até em ciclos afortunadíssimos. Podemos estar passando por um trígono (aspecto fluente) da Lua progredida com Júpiter natal, outro com Saturno e outro com o Meio do Céu e ainda assim sentirmos frustração, quando o ciclo indica grandes realizações e facilitações. Se você não acredita em seu potencial, se não se esforça por desenvolvê-lo ou por adquirir, mesmo aos poucos, os recursos de que necessita, então fica mesmo difícil. Não custa nada dar uma forcinha a si mesmo e agir sem esperar que algo caia do céu, não? Agindo, os benefícios surgem com mais facilidade num ciclo como esse, sem dúvida.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O Primeiro Livro de Enoque - Enoch


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Livro de Enoque, grandemente conhecido pela sua versão em etíope e mais tarde pelas traduções gregas dos capítulos I-XXXII, XCVII-CI e CVI-CVII, bem como de algumas citações importantes feitas por Georgius Syncellus, autor bizantino. Teria sido escrito por Enoque, ancestral de Noé, contendo profecias e revelações.

Em Qumram, foram encontrados na Gruta 4, sete importantes cópias que foram atestadas pela versão Etíope. Estas cópias embora que não idênticas na totalidade foram encontradas em conjunto com cópias do Livro dos Gigantes referenciadas no capítulo IV do Livro de Enoch.

As cópias de Qumram foram catalogadas com as referências 4Q201-2 e 204-12 e fazem parte da herança deixada pela comunidade Nazarita do Mar Morto, em Engedi.

O Livro de Enoque também é chamado de Primeiro Livro de Enoque. Existem outros dois livros chamados de Segundo Livro de Enoque e Terceiro Livro de Enoque, considerados de menor importância.

***


O sacerdote-cientista Enoch, é um patriarca pré-diluviano, um dos personagens mais famosos do ciclo anterior do tempo.
Pai de Matusalém e avô de Noé, é creditado na Bíblia como arquiteto do Zion original , a legendária "cidade de Yahweh".(gen 5:21 a 24)
Nota: É tradição que Enoch não tinha morrido , mas tenha sido levado por Deus para fora do mundo (sab 4,10, Hebr 11,5), como Elias ( 2R 2,3-12).
Os dados conhecidos desse patriarca fizeram dele um protótipo da piedade hebraica e seu nome aparecerá como autor de numerosos apócrifos.
A Enoch é creditado também a invenção do alfabeto e do calendário e considerado o primeiro astronauta da história por algumas escolas de mistério, que é "elevado ao senhor" e lhe mostrado "os segredos da terra e do céu".
Ele volta à terra com "pesos e medidas" para toda a humanidade.
Conhecido pelos egípcios como Thoth , o "Senhor da Magia e do tempo" e pelos gregos como Hermes , "mensageiro dos Deuses" , ele é mesmo lembrado na tradição Celta como nosso enigmático mago Merlim , que desaparece em uma macieira para a mítica Avalon , buscando o segredo da imortalidade e prometendo voltar.
Como aqueles que atingem a imortalidade , o segredo de como "podemos nos tornar como os Deuses", Thoth/ Enoch prometem retornar no fim dos tempos "com as chaves dos portões das terras sagradas".
Nos Manuscritos do Mar Morto , revelando os livros apócrifos de Enoch removidos da Bíblia pelos iniciais líderes religiosos, Enoch descreve uma maravilhosa civilização no passado que usou mal as chaves do mais elevado conhecimento e foi incapaz de se salvar do último cataclisma.
Ambos figurativa e literalmente eles perderam "as chaves" , e todo o alto conhecimento.
E ainda , Enoch, ao longo de muitas tradições , mesmo a legenda Maia de Quetzacoatal, promete um retorno deste conhecimento no "Fim do Tempo", o fim do presente ciclo de tempo.
As Revelações Bíblicas prometem que "tudo será revelado" no fim do presente mundo , descrevem não apenas uma tecnologia avançada , mais um caminho evolucionário além do nosso estado presente.
Um cuidadoso exame dos sítios chave mundiais de pirâmides revelam que eles são sofisticadas estruturas harmônicas, não somente espelhando as posições dos planetas e sistemas estelares, mas destinados a representarem os pontos vitais (chakras) e cavidades harmônicas do corpo humano.
Mesmo cada pedra dentro da Grande Pirâmide é harmonicamente sintonizada a uma freqüência específica ou tom musical.
O sarcófago no centro da Grande Pirâmide é sintonizado à freqüência do batimento cardíaco humano.
Surpreendentes experimentos , realizados pelo doutor Hurtak e seus colegas na Grande Pirâmide e em outros sítios da América do Sul , demonstram que as pirâmides "computadores geofísicos" ativados pela voz.
Ao entrar específicos sons antigos, a equipe científica produziu ondas de luz visíveis acima e dentro das pirâmides e foram capazes de penetrar desta forma em câmaras inacessíveis.
Descobertas subseqüentes indicam que os antigos cientistas – sacerdotes empregavam algum tipo de tecnologia harmônica de som dentro das estruturas do templo.
O conhecimento sobre Enoch revela a língua mãe como uma "linguagem de ondas".
Conhecida pelos antigos como Hiburu , esta é a primária semente de linguagem, introduzida no início deste ciclo de tempo.
A pesquisa moderna confirma , a forma mais antiga de hebraico era uma linguagem natural, as formas alfabéticas emergindo dos padrões de fosfato do cérebro.
As mesmas formas , de fato , nasceram de um vórtice giratório.
Esta é uma verdadeira linguagem de ondas e luz , percorrendo nosso sistema nervoso.
Codificando as geometrias naturais da forma onda do mundo físico, Hiburu é uma linguagem harmônica mimetizando as propriedades da forma onda de luz.
As "chaves de Enoch" falam , mostram ser sons chave, chaves para serem a matriz vibratória da própria realidade, omítico "Poder do Mundo".
O conhecimento Enochiano descreve equações sônicas , codificada dentro de antigos mantras e nomes de Deus , capazes de afetarem diretamente o sistema nervoso e produzirem um efeito profundo de cura e estados de consciência elevada.
Como é declarado nos textos antigos, "se você deve falar com deuses você primeiro deve aprender a linguagem dos deuses", DNA, a antiga cabalística "Árvore da Vida" retratada na Bíblica Torah , está agora vindo a ser vista como uma estrutura vibrante viva , muito mais do que uma fita de registro fixa.
Muitos cientistas modernos falam a respeito do DNA como uma configuração capaz de ser modificada pela luz , radiação , campos magnéticos ou pulsos sônicos.
O legado de Thoth/Enoch sugere esta "Linguagem de Luz" a ciência harmônica dos antigos , pode afetar o DNA.
A evidência no Egito , indica que este era o grande experimento genético de 6000 anos tentado pelos egípcios, a busca da imortalidade e das estrelas , uma busca descrita pelos grandes da antiguidade , uma busca iniciada por Gilgamesh a muito tempo atrás.
Os egípcios não se fixavam no após vida , como pensavam os iniciais tradutores cristãos mas, se concentravam em criar um tipo mais elevado de humano.
O conhecimento de Thoth/Enoch implica em que os humanos tinham a intenção de evoluir além da presente forma terrestre , como nos ensina a Bíblia , "Nós podemos nos tornar maiores que os anjos".
Nota: mesmo no NT há registros de natureza divina e angelical ( João 10:34 a 38 e Cor 13: 1)
Os egípcios registram histórias de "Caminhantes das estrelas" , indivíduos ocasionais que como Enoch , viajaram "Além do Grande Olho de Orion" e voltaram , para andar como deuses entre os homens".
Segundo muitas lendas da terra , estes seres supostamente retornam regularmente, no início e no fim de cada ciclo, o ponto do meio de treze mil anos da nossa orbital zodiacal de vinte e seis mil anos de nosso sistema solar.
Segundo o "Calendário em pedra" da Grande Pirâmide, que descreve o chamado "Ciclo Phoenix" de nossa órbita galáctica, o presente período de tempo termina por esta época.
A palavra grega Phoenix , deriva da palavra PA-HANOK, significa , "A Casa de Enoch". As chaves de Enoch (trechos extraídos de Paul White)

Mais sobre o Livro:
O Livro de Enoque em PDF:

domingo, 11 de setembro de 2011

Memorial - WTC - 11/09


Duas fontes no lugar
onde o silêncio da morte
ouve o barulho da vida
no som das águas
que descem num abismo
infinito da saudade.
Águas que simbolizam
as lágrimas que ainda
encontram sentimentos
na natureza humana.
Duas fontes no lugar
onde as luzes encontram o céu
nas orações e mensagens
desejando a paz de todos
os que se foram
e os que ficaram.
Luzes que simbolizam
a fé dos que ainda vivem
e retornam à Terra
quando uma voz chama.
Todos os nomes
estarão sempre presentes
iguais guardiões,
sentinelas da coragem
de tudo quanto sofreram
neste lugar marcado
com uma cicatriz
imensurável
do que é o ódio
materializado
pelo terrorismo.

Que todos busquem
na memória
o amor e a paz
olhando sempre
para este lugar
onde duas fontes
possuem vida e luz
transcendendo
este Memorial.


Helen De Rose

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Simbologia de Touro - Taurinos

imagem do google


Touro é o segundo, o segundo símbolo do zodíaco.
Touro é governado pelo planeta Vênus.
Seu símbolo é o Touro.
Seu lugar natural é a segunda casa, a casa dos recursos e da relação com as pessoas, dos bens e dos valores materiais, éticos e morais.
O sedutor Touro é um signo do elemento terra, persistente e com senso prático.


Principal Atributo: Paladar
Virtude: Temperança
Vício: Luxúria
Arcanjo: Haniel
Ancoragem: Aromas
Ordem Angélica: Virtudes
Dia da Semana: Sexta-feira
Santo: São Sebastião
Orixá: Oxóssi 
Raio da Fraternidade Branca: 4º Raio - Branco Cristalino
Essências: Alfazema, almíscar e rosa
Cores: Verde amarelado e rosado
Pedras: Esmeralda e Coral
Metal: Cobre
Árvores: Cipreste, macieira e freixo
Flores: Margaridas, papoulas, violetas e rosa
Touro e o reino animal:

  • O urso. O poderoso urso é regido pelo signo de Touro. Conhecidos por sua lentidão, podem ser encontrados pacificamente tomando goles de água numa orla de rio, comendo erva, caçando ou atrapando peixes. Isso quando estão de bom humor. Mas, cuidado com ele. Nos momentos em que está disposto a atacar, um urso pode demonstrar uma imensa força e agilidade, capaz de movimentar-se numa velocidade assombrosa quando escapa, se defende, ou ataca. Esta dualidade entre a doçura e a força natural do urso é a mesma dualidade que reside no signo de Touro.
  • O touro. O touro geralmente está em silêncio, até que se desperta ou se excita. Quando enlouquece, sua força pode ser devastadora e sua atitude ameaçadora e absolutamente impressionante. A constância, a perseverança e o poder são os símbolos deste poderoso animal.
  • A vaca: A doméstica, pacífica e tímida vaca é outro símbolo de Touro. Estes maravilhosos animais nos dão sua imagem mais característica quando descansam ou se alimentam no pasto, quando se encontram relaxados no campo desfrutando do ambiente harmonioso ao seu redor. Uma vaca possui uma natureza doce, pacífica e serena, traços que compartilham com os taurinos.





*fonte: do meu livro que será lançado sobre a simbologia dos signos ocidentais e orientais, dos planetas e das previsões. Aguardem.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Elementos de Sorte dos Signos

imagem do google*


ÁRIES - 21 de março a 20 de abril - Regido por Marte, seu Anjo é Samuel, Arcanjo de Marte; Elemento: Fogo; Orixá: Ogum; Santo protetor: São Jorge; Animais: lobo e galo; Cores: vermelho e amarelo; Perfumes: com essências de violeta e sândalo; Números: 1 e 9; Plantas: hortelã e camomila; Flores: cravo vermelho e tulipa; Paraíso Astral: Leão; Inferno Astral: Peixes; Dias: domingo e terça; Talismã: olho de cabra; Pedras: granada e rodonita; Palavras-chave: dinamismo e ousadia; Bichos da sorte: veado e cachorro;


TOURO - 21 de abril a 20 de maio - Regido por Vênus, seu Anjo é Anael, Arcanjo de Vênus; Elemento: Terra; Orixá: Oxóssi; Santo protetror: São Sebastião; Animais: touro e pomba; Cores: verde e azul; Perfumes: com essências de verbena e lavanda; Números: 5 e 7; Plantas: capim cidreira e aipo; Flores: margarida e poejo; Paraíso Astral: Virgem; Inferno Astral: Áries; Dias: quarta e quinta; Talismã: trevo de quatro folhas; Pedras: quartzo rosa e turmalina; Palavras-chave: inteligência e determinação; Bichos da sorte: burro e macaco;


GÊMEOS - 21 de maio a 20 de junho - Regido por Mercúrio, seu Anjo é Rafael, Arcanjo de Mercúrio; Elemento: Ar; Orixá: Ibejí; Santos protetores: São Cosme e Damião; Animais: falcão e coelho ; Cores: lilás e rosa; Perfumes: com essências de lavanda e verbena; Números: 3 e 8; Plantas: manjericão e alface; Flores: orquídea e flor de maio; Paraíso Astral: Libra; Inferno Astral: Touro; Dias: terça e quarta; Talismã: pé de coelho; Pedras: ágata e hematita; Palavras-chave: comunicação e versatilidade; Bichos da sorte: camelo e elefante;


CARANGUEJO (ou Câncer) - 21 de junho a 21 de julho - Regido pela Lua, seu Anjo é Gabriel, Arcanjo da Lua; Elemento: Água; Orixá: Ogum; Santa protetora: Nossa Senhora do Carmo; Animais: gato e cisne; Cores: branco e rosa choque; Perfumes: com essências de acácia e violeta; Números: 2 e 7; Plantas: lentilha e alecrim; Flores: rosa e orquídea; Paraíso Astral: Escorpião; Inferno Astral: Gêmeos; Dias: segunda e terça; Talismã: elefante branco; Pedras: quartzo verde e crisopázio; Palavras-chave: sensibilidade e criatividade; Bichos da sorte: gato e jacaré;



LEÃO - 22 de julho a 22 de agosto - Regido pelo Sol, seu Anjo é Miguel, Arcanjo do Sol; Elemento: Fogo; Orixá: Xangô; Santo protetor: São Gerônimo; Animais: águia e leão; Cores: amarelo e azul; Perfumes: com essências de sândalo e violeta; Números: 1 e 3; Plantas: arruda e pimenta; Flores: girassol e violeta; Paraíso Astral: Sagitário; Inferno Astral: Câncer; Dias: domingo e quinta; Talismã: figa; Pedras: cristal branco e cornalina; Palavras-chave: poder e liderança; Bichos da sorte: cachorro e porco;


VIRGEM - 23 de agosto a 22 de setembro - Regido por Mercúrio, seu Anjo é Rafael, Arcanjo de Mercúrio; Elemento: Terra; Orixá: Abaluaiê; Santo protetor: São Roque; Animais: cão e andorinha; Cores: azul e preto; Perfumes: com essências de lavanda e jasmim; Números: 5 e 8; Plantas: erva-doce e alho; Flores: flor-do-campo e cravo; Paraíso Astral: Capricórnio; Inferno Astral: Leão; Dias: quarta e sábado; Talismã: estrela; Pedras: ágata e amazonita; Palavras-chave: detalhista e organizado; Bichos da sorte: cavalo e macaco;


LIBRA - 23 de setembro a 22 de outubro - Regido por Vênus, seu Anjo é Anael, Arcanjo de Vênus; Elemento: Ar; Orixá: Oxumaré; Santo protetor: São Bartolomeu; Animais: rouxinol e cão; Cores: rosa e azul; Perfumes: com essências de verbena e violeta; Números: 4 e 1; Plantas: morango e feijão branco; Flores: dália e boca-de-leão; Paraíso Astral: Aquário; Inferno Astral: Virgem; Dias: terça e sábado; Talismã: cruz; Pedras: turmalina rosa e citrino; Palavras-chave: charme e romantismo; Bichos da sorte: elefante e borboleta;


ESCORPIÃO - 23 de outubro a 21 de novembro - Regido por Plutão (corrigido por Marte), seu Anjo é Azrael, Arcanjo de Plutão; Elemento: Água; Orixá: Nanã; Santa protetora: Santa Ana; Animais: tigre e gavião; Cores: verde e vermelho; Perfumes: com essências de jasmim e almíscar; Números: 7 e 9; Plantas: gengibre e hortelã; Flores: camélia e orquídea; Paraíso Astral: Peixes; Inferno Astral: Libra; Dias: terça e quinta; Talismã: gato; Pedras: hematita e turmalina; Palavras-chave: liderança e sexualidade; Bichos da sorte: jacaré e carneiro;


SAGITÁRIO - 22 de novembro a 21 de dezembro - Regido por Júpiter, seu Anjo é Saquiel, Arcanjo de Júpiter; Elemento: Fogo; Orixá: Iansã; Santa protetora: Santa Bárbara; Animais: cavalo e coruja; Cores: azul e vermelho; Perfumes: com essências de violeta e jasmim; Números: 3 e 9; Plantas: aspargos e morangos; Flores: miosótis e violetas; Paraíso Astral: Áries; Inferno Astral: Escorpião; Dias: terça e quarta; Talismã: figa; Pedras: topázio e sodalita; Palavras-chave: otimismo e sinceridade; Bichos da sorte: porco e veado;


CAPRICÓRNIO - 22 de dezembro a 20 de janeiro - Regido por Saturno, seu Anjo é Cassiel, Arcanjo de Saturno; Elemento: Terra; Orixá: Omulu; Santo protetor: São Lázaro; Animais: papagaio e cão; Cores: preto e verde; Perfumes: com essências de jasmim e verbena; Números: 1 e 8; Plantas: eucalipto e menta; Flores: cravos e papoulas; Paraíso Astral: Touro; Inferno Astral: Sagitário; Dias: sexta e sábado; Talismã: trevo de quatro folhas; Pedras: ônix e quartzo fumê; Palavras-chave: prudência e responsabilidade; Bichos da sorte: cavalo e burro;


AQUÁRIO - 21 de janeiro a 19 de fevereiro - Regido por Urano, seu Anjo é Uriel, Arcanjo de Urano; Elemento: Ar; Orixá: Oxalá; Santo protetor: Nosso Senhor do Bonfim; Animais: coruja e macaco; Cores: azul e lilás; Perfumes: com essências de violeta e lavanda; Números: 4 e 5; Plantas: romã e erva cidreira; Flores: hortênsia e brinco-de-princesa; Paraíso Astral: Gêmeos; Inferno Astral: Capricórnio; Dias: quarta e sábado; Talismã: pêndulo de cristal; Pedras: sodalita e turmalina azul; Palavras-chave: originalidade e vivacidade; Bichos da sorte: borboleta e camelo;


PEIXES - 20 de fevereiro a 20 de março - Regido por Netuno, seu Anjo é Asariel, Arcanjo de Netuno; Elemento: Água; Orixá: Iemanjá; Santa protetora: Nossa Senhora; Animais: tartaruga e gaivota; Cores: azul e verde; Perfumes: com essências de almíscar e acácia; Números: 2 e 7; Plantas: ninfeia e petúnias; Flores: rosa e amor-perfeito; Paraíso Astral: Câncer; Inferno Astral: Aquário; Dias: segunda e quinta; Talismã: olho de horus; Pedras: ametista e água marinha; Palavras-chave: sensibilidade e percepção; Bichos da sorte: carneiro e gato;




*Fonte: do meu e-book :"Signos da Humanidade"

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Por que aos 27 anos? (Estudos Cabalísticos)



Prometi aos leitores que faria uma pesquisa sobre estes músicos e cantores que perderam a vida aos 27 anos.

Por que aos 27 anos?

Pesquisando na rede encontrei o Clube dos 27 ( * ), uma lista de personalidades ligadas a música que morreram aos 27 anos por causa dos vícios, acidentes e outros motivos.

Então fiz uma lista das datas de nascimentos e mortes dessas pessoas, para ver se havia algo que pudesse chamar minha atenção para a Numerologia,
e tudo o que pude perceber é que todos eles estavam prestes a completar 28 anos.

O 27 é um número cabalístico para quem estuda a cabala numerológica. Todos os números críticos da cabala são múltiplos do 9, porque cada fase ou ciclo da cabala termina depois de 9 anos. Os finais de ciclos geralmente ocasionam perdas, acidentes e outros acontecimentos. Os números críticos são: 9, 18, 27, 36, 45, 54, 63, 72, 81...

Especialmente o 27, termina o 3º ciclo voltado para a comunicação, artes de modo geral e o final da juventude. O vigésimo sétimo caminho cabalístico é o da Consciência Excitante ou Palpável, voltado as sensações. Este caminho cabalístico conecta o centro dos processos da razão com a esfera dos desejos. É um caminho horizontal e estabilizador.Pode significar a destruição das velhas formas ou conceitos ligados a personalidade. Este caminho cabalístico está ligado ao Arcano Maior XVI "A Torre", aquela figura fulminada por um raio de destruição. No Tarô Egípcio esse Arcano XVI é chamado de "Fragilidade". O 4 multiplicado 4 vezes, fechando um ciclo na Terra. O esgotamento de todas as possibilidade, que prenuncia o fim de um período, ciclo ou jornada. Leva o título esotérico de "O Senhor das Hostes Poderosos", porque sua letra hebraica é o Phe que significa Boca. Tudo o que entra pela Boca ou tudo o que sai da Boca, relaciona-se com os processos digestivos e com a fala. Seu valor numérico é 80. Por outro lado, pode representar a palavra que cria (ou construtiva) e a palavra que destrói (ou destrutiva). O Arcano da Torre é regido pelo Planeta Marte, o Planeta de destruição ou da guerra, impulsivo nas suas ações, gosta de correr riscos e não tem medo do perigo. Sua natureza impaciente quer realizar seus desejos já, sem se importar com o passado e com as consequências futuras de seus atos.

O que lhe soa melhor? Uma dor longa e moderada ou uma dor intensa e rápida? A destruição da Torre corresponde a esta última, um golpe seco e único naquelas estruturas viciadas que precisam ser aniquiladas. A morte é um farol que procura na imensidão, a visão de quem deseja a destruição. Aqui o mais importante é destruir o Ego e tudo o que nele foi condicionado e conquistado. Isto acontece com pessoas que não conseguem se desprender de sua casca egóica, fazendo com que o mesmo processo aconteça de novo e de novo, configurando assim o padrão obsessivo que é a sombra da máscara de dor e experiências difíceis, por ingestão ou acidentes fatais, violentos e irreversíveis.

Na astrologia 27 anos está no 4º ano do ciclo de Júpiter, com a energia de Câncer. Neste ciclo é o período de consolidação definitiva dos novos projetos e o fim da experimentação. Uma fase de extrema sensibilidade e vulnerabilidade. Há uma percepção de querer se proteger de tudo e de todos. Principalmente das cobranças e julgamentos. Um momento em que a dualidade e o psiquismo estão constantemente em conflitos. Há uma grande necessidade de ser querido(a) pelos familiares. Paralelamente ao mundo real, a visão que surge é alguém tendo que atravessar uma ponte sobre o abismo que liga a vida com a morte e vice-versa. No final dessa travessia há sempre uma pergunta que pode ser respondida pelo silêncio da Lua:

- Será que eu consegui?


(*) 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Clube_dos_27

*Fonte de pesquisa: O Tarô de Thoth - Johann Heyss.




Helen De Rose

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Anotando os Sonhos


Cada noite, pouco antes de ir dormir, diga que você vai se lembrar do seu sonho.
Mantenha um caderno pequeno perto da sua cama e cada vez que você acordar de um sonho, anote as palavras chave para que você possa se lembrar logo de manhã.
Manter um diário de sonho. Todas as manhãs, anote o conteúdo de seus sonhos com todos pequenos detalhes. Data e hora de forma tão precisa quanto possível.
Tente se lembrar e acontecimentos do dia anterior têm qualquer ligação com as imagens.
Escreva cada detalhe do sonho separadamente.
Experimente escrever uma associação que descreva bem as imagens do sonho, e com palavras que vêm à sua mente quando você pensa de um determinada imagem do sonho.
Deixe um espaço após cada sonho, para que sempre que uma ligação ou interpretação fortes, e de um sonho que se recione a outro você possa acrescentar.
Coloque todas as associações em conjunto para ver se é possível encontrar um padrão emergente que se relaciona com sua vida.
Aos poucos você vai começar a ter prática em descrever o significado do seu sonho.
Os sonhos são uma ponte para outros mundos, para o autoconhecimento, para a viagem astral, para entender mensagens, e muitas vezes como premonição.
Todas as pessoas sonham, é que algumas não se recordam e segundo estudiosos no assunto, algumas pessoas bloqueiam automáticamente por saberem o significado, e outras por não dar crédito.
Precisamos entender que as soluções de nossos problemas residem em nós mesmos, e as vezes, é melhor pesquisar dentro de nós as respostas que procuramos, em vez de achamos que “nunca é conosco”, basta acreditar no que acontece dentro de você, e dar a chance de reconhecer seus poderes.
Seus sonhos podem lhe revelar muitas coisas sobre o futuro, o passado o que você esta deixando oculto. Comece a praticar um estudo pessoal, verificando todos os dias como tem sido seu sono, seus sonhos, e comece um diário.
Recentemente, descobriu-se que até os bebês no útero têm sono REM (movimentos rápidos dos olhos) e sonham, não se sabe com o quê. Os animais também sonham, basta você observar aqueles pulinhos que dão enquanto dormem, e as vezes gemidos, mas não falam para nos contar o que sonharam.
Em diversas tradições culturais e religiosas o sonho aparece revestido de poderes premonitórios ou até mesmo de uma expansão da consciência.
O fato é que todos sonham, e você pode entender o porque dos seus sonhos. Existem muitos significados e razões dos sonhos. Mas o primeiro passo é você anotar todo dia o que sonhou, como dormiu, e aprender a se conhecer.


(Muitos dos meus sonhos já aconteceram, muitas coisas que já escrevi pude decifrar com os acontecimentos diários. Já fui avisada de acontecimentos através de sonhos com pessoas que já faleceram. Os sonhos são portais sutis para outras dimensões. Muitas vezes, eu pedi para sonhar com alguém distante e sonhei. Os sonhos possuem bastante simbolismos que refletem nosso inconsciente ou subconsciente. - Helen De Rose)



*Fonte: Magia Zen.
*imagem do google

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Lua Cheia de Touro - Wesak




Oração:

A Grande Invocação 
Do Ponto de Luz na Mente de Deus,
Que flua Luz na mente dos homens,
E que a Luz desça à Terra.

Do Ponto de Amor no Coração de Deus 
Que flua Amor aos corações dos homens. 
E que o Cristo retorne à Terra.

Do centro onde a Vontade de Deus é conhecida 
Que o propósito guie as pequenas vontades dos homens, 
O propósito que os Mestres conhecem e servem.

Do centro a que chamamos a raça dos homens,
Que se realize o plano de Amor e Luz, 
E feche a porta onde se encontra o mal.

Que a Luz, Amor e Poder restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra,
Hoje e por toda a Eternidade,
Que assim seja!



Na Lua cheia de Touro é realizada a celebração máxima do Budismo, o Festival de Wesak, no vale dos Himalaias, na India, em homenagem a Lord Gautama. 

MEDITAÇÃO NA LUA CHEIA - POR QUE MEDITAÇÃO NA LUA CHEIA?

Porque há ciclos no fluxo e refluxo das energias espirituais, com os quais os grupos, tanto quanto os indivíduos, podem conscientemente cooperar. Um dos principais ciclos de energia coincide com as fases da Lua, alcançando seu pico, sua maré alta, durante a Lua Cheia. Este é o tempo, portanto, em que a canalização da energia, através da meditação grupal, pode ser eficaz de maneira ímpar. Hoje, centenas de grupos de serviços se reúnem mensalmente para meditar, de maneira regular, no mundo todo, por ocasião da Lua Cheia. A Lua mesma não tem nenhuma influência sobre o trabalho, mas a sua esfera, plenamente iluminada, é indicativa de um alinhamento livre e desimpedido entre nosso planeta e o Sol, o Centro Solar, a fonte de energia para toda a vida na Terra. Em tais ocasiões, estando a Lua "fora do caminho" e o contato entre o Centro Solar e o Planeta Terra alcançando seu ponto máximo, o homem pode fazer uma aproximação bem definida a Deus, o criador, o Centro da Vida e da Inteligência.

O ritmo plenilunar é usado para determinar as datas das meditações já que determina o tempo mensal em que o impacto das divinas energias de Luz, Amor e Poder é mais forte e pode ser registrado pelos grupos e irradiado dentro da consciência humana.


O FESTIVAL DE WESAK

Lua cheia de Buda (Touro)

O que deveria ser realizado em cada lua cheia de Touro?

1. A liberação de certas energias que podem afetar poderosamente a humanidade e que, se liberadas, estimularão o espírito de amor, de fraternidade e de boa vontade na Terra. Essas energias são tão definidas e reais como são as de que se ocupa a própria ciência que as chama de raios cósmicos.

2. A fusão de todos os homens de boa vontade no mundo em um todo integrado e com capacidade de resposta.

3. A invocação e a resposta de certos Grandes Seres, Cujo trabalho pode ser, e será possível, se o primeiro destes objetivos for atingido, graças à realização do segundo objetivo. Meditem nesta síntese dos três objetivos. Por que nome estas Forças Vivas são chamadas é inteiramente imaterial. Podem ser considerados como os vice-regentes de Deus, que podem e cooperarão com o Espírito de Vida e de Amor sobre o nosso planeta, aquele no qual vivemos, nos movemos e temos nosso ser. Certos pensadores podem considerá-los como os Arcanjos do Altíssimo, cujo trabalho tem sido possível pela atividade do Cristo e do Seu corpo de discípulos, a Igreja verdadeira e viva. Outros os considerarão como os Guias da Hierarquia planetária, que se encontram por detrás de nossa evolução planetária e que raramente tomam parte ativa exterior nas atividades do mundo, deixando isso para os Mestres de Sabedoria, salvo nos casos excepcionais como o atual. Qualquer que seja o nome pelo qual os chamemos, eles estão prontos para ajudar, se o apelo for feito com força e poder suficientes por parte dos aspirantes e discípulos no momento da lua cheia de Touro e da lua cheia de Gêmeos.

4. A evocação de uma atividade enérgica e concentrada do lado interno realizada pela Hierarquia de Mestres, essas Mentes iluminadas à quais foi confiado o trabalho de direção do mundo. Deseja-se uma resposta e pode ser obtida entre os três grupos:
- a. A expectante e (nesse momento) ansiosa Hierarquia – ansiosa porque nem mesmo Eles podem dizer como reagirá a humanidade, e se os homens serão suficientemente sensatos para aproveitar a oportunidade oferecida. Os Mestres aguardam, organizados sob a direção do Cristo, o Mestre dos Mestres e Instrutor de anjos e homens. Ele foi instituído como o intermediário direto entre a Terra e o Buda, Aquele que, por sua vez, é o intermediário consagrado entre a Hierarquia expectante e as forças atentas.
- b. Novo Grupo de Servidores do Mundo, cujo objetivo é a paz do mundo, composto nesta época por todos os servidores sensíveis e consagrados da raça, que tem o propósito de estabelecer a boa vontade na Terra, como a base para a futura vida e expansão mundiais. Originalmente, este grupo era formado por uns poucos discípulos aceitos e aspirantes consagrados. As suas fileiras foram abertas, ultimamente, a todos os homens de boa vontade que trabalham ativamente por uma verdadeira compreensão, que estão prontos a se sacrificarem para ajudar a humanidade, que não vêem nenhuma linha de separação, mas têm, isso sim, o mesmo sentimento para com os homens de todas as raças, nacionalidades e credos. 
- c. As massas dos homens e mulheres que responderam às idéias que foram lançadas, e que reagiram favoravelmente aos objetivos de compreensão internacional, interdependência econômica e unidade religiosa.

À medida em que estes três grupos de pensadores e servidores se tenham contatado, quando os três grupos possam estar alinhados, ainda que momentaneamente, muito pode ser realizado; as portas da nova vida podem ser abertas para dar passagem ao influxo de novas forças espirituais. Tal é o objetivo e a idéia do Grupo.

Que importância tem para vocês, pessoalmente,esta lua cheia de Touro? Parece-lhes ter suficiente importância para realmente significar tão grandes esforços a vocês? Crêem sinceramente que neste dia pode haver realmente uma liberação de energia espiritual suficientemente potente para mudar os assuntos do mundo, desde que os filhos dos homens desempenhem sua parte? Acreditam realmente, e estão prontos na prática, a apoiar a crença de que nesse dia o Buda, em cooperação com Cristo e com a Hierarquia de Mestres Iluminados, mais a ajuda oferecida por alguns dos Tronos, Principados e Poderes da Luz, que são a correspondência superior dos poderes das trevas, estão prontos a executar os Planos de Deus, quando for dado o direito e a permissão dos homens? A principal tarefa de vocês na atualidade, não é lutar contra os poderes do mal e as forças das trevas, mas despertar o interesse e mobilizar as Forças da Luz e os recursos dos homens de boa vontade e de inclinação correta no mundo atual. Não resistir ao mal, mas organizar e mobilizar o bem e assim fortalecer as mãos dos trabalhadores que estão do lado do direito e doar amor, para que o mal tenha menos oportunidades.
Se vocês tiverem fé no que lhes disse, – ainda que seja do tamanho de um grão de mostarda – se tiverem uma crença firme no trabalho do espírito de Deus e na divindade do homem, então esqueçam-se de si próprios e consagrem cada um de seus esforços, a partir do momento em que receberem esta comunicação, para a tarefa de cooperar no esforço organizado, a fim de mudar o curso dos assuntos mundiais, por meio de um acréscimo no espírito de amor e de boa vontade no mundo durante este mês.

ANTIGOS ENSINAMENTOS

Ensinamentos da Antiga Sabedoria consideram Wesak o momento mais significante do ano, quando um real evento celestial ocorre e se manifesta sobre a Terra. Considera-se que o Festival de Wesak seja um tempo em que o próprio Deus, transmitindo através de Buda e de Cristo, envia um benção para a Terra. Durante séculos tem sido celebrado na Índia e sempre ocorre na Lua Cheia de Buda. Durante esse tempo, a humanidade pode se alinhar completamente com forças espirituais que não estão à disposição em outras ocasiões do ano. A força dessa benção nos estimula espiritualmente e nos deixa mais preparados para servir completamente ao Plano Divino.

Próximo ao Nepal e rodeado pelas montanhas dos Himalaias, fica uma área de terra protegida. Um caminho, entre passagens estreitas, eventualmente se abre para um vale coberto de grama. Vários dias antes da Lua Cheia, buscadores espirituais entram no vale e aí montam tendas coloridas. Na parte norte do vale há uma grande rocha plana onde é colocada uma grande vasilha de cristal cheia de água. Logo antes da Lua Cheia, Cristo, os Senhores, os Mestres, os Arcanjos e os Iluminados que guiam o planeta Terra se reúnem ao redor dessa rocha para orar.

Poucos minutos antes do momento exato da Lua Cheia, pode se ver uma pequena luz no céu. À medida que ela se aproxima e cresce em claridade, a forma do Buda, com seu robe cor de açafrão e com as penas em posição cruzada, pode ser vista no céu.

No momento exato da Lua Cheia, Buda, suspenso sobre a rocha, estende sua mão em uma benção em direção a Cristo, que, representando a Humanidade, a recebe para distribuição. Então é pronunciada a Grande Invocação, enviando uma forte corrente de gratidão, da Humanidade para o Próprio Deus. Enquanto Buda envia sua Benção de Iluminação e Cristo envia sua Benção de Amor, a estrutura atômica e molecular da água se altera, recebendo uma infusão de Sabedoria. Ela é então distribuída em pequenas porções e levada ao mundo para ser compartilhada.

O Festival de Wesak é um momento poderoso de intenso serviço espiritual, feito da Humanidade para Deus e de Deus para a Humanidade, através de Buda e de Cristo. Durante os 8 minutos dessa celebração, o universo inteiro faz uma ligação unindo a humanidade com a Fonte da nossa criação, a que chamamos Deus. Os efeitos espirituais permanecem até o próximo Festival de Wesak.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...