sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Os Signos nos relacionamentos



Áries - arianos - arianas: 


Áries vive bem, ou até bem melhor, em uniões ou casamentos. Quando encontra alguém, é capaz de fazer tudo pela relação e defendê-la a todo custo. Sabe criar espaços para que o outro cresça e usufrua um convívio agradável. Contudo, é preciso que esse parceiro tenha, no mínimo, duas qualidades: uma certa elegância (inclusive boa educação e maturidade) e muita confiança, isto é, nada de ciúmes, cenas e cobranças. Mas não é dependente das relações, fica na relação se valer a pena. Busca parcerias que o completem sem irritá-lo, pessoas calmas sem pasmaceira, respeitosas sem imposição. Como é, por natureza, um encorajador, torna-se o par ideal para pessoas menos agitadas, pouco voluntariosas e nunca prepotentes ou arrogantes. Nas sociedades comerciais, segue o mesmo padrão das uniões: um vínculo afetivo também é necessário, além de um grande respeito mútuo. Seu inquestionável senso de justiça pode tornar os acordos comerciais bastante estáveis; seu padrão de exigência é, contudo, muito acentuado.

Touro - taurinos - taurinas:


Para Touro, os relacionamentos fazem parte da trinca de prioridades existenciais. Quando ama, envolve-se por completo, não economiza demonstrações de seu sentimentos e não é de gostar mais ou menos ou viver num clima morno, é tomado pela paixão em altíssimas temperaturas. Em contrapartida, quando se sente traído ou magoado, seu temperamento passional jamais esquece e, por isso, dificilmente perdoa. Mas, como espera encontrar alguém forte e poderoso que esteja a seu lado em qualquer ocasião, é difícil atingir essa meta e, mais ainda, permanecer no ideal de união eterna. Muitas vezes, ao procurar alguém fascinante e incomum, depara-se com um parceiro controlador e arbitrário. Seria recomendável ao Touro nunca se decidir sobre casamentos antes de uma certa maturidade. Nas parcerias comerciais, a conduta não é diferente. Dedica-se plenamente à realização dos objetivos da sociedade da qual participa e, obviamente, lida muito mal com pessoas que tentam enganá-lo.

Gêmeos - geminianos - geminianas:


Fala-se mal da fidelidade de Gêmeos, que é visto como alguém que gosta de trocar de companhia simplesmente para variar, mas essa não é bem a verdade. O Gêmeos prefere viver a dois, desde que seja num relacionamento inteligente, com um parceiro mais bem preparado do que a média, com quem possa continuamente compartilhar aprendizados. Sua prioridade número um é estabelecer um clima mais leve, descontraído e bem-humorado; não aguenta pessimistas. Como sua cabeça costuma estar sempre ocupada demais, precisa de uma pessoa que o ajude a relaxar com a terapia das boas conversas, trocas e risadas. Mas, se não acertar na escolha, por que continuar num relacionamento sem futuro, sem graça e sem propósito? Nesses casos, o Gêmeos não vai insistir nem tem condições psíquicas e paciência para viver um dramalhão constante. Os mais evoluídos possuem um talento adicional: sabem terminar suas uniões sem grandes traumas; antes que isso aconteça, no entanto, são propensos a fazer algumas tentativas de novos acordos. Idas e vindas são frequentes para amenizar separações e não costumam culpar os outros pelo insucesso das experiências. Como sócios, compõem boas parcerias, preferem jogar em duplas a fazê-lo em voos solos.

Câncer - cancerianos - cancerianas:


Para o nativo de Câncer, o assunto relacionamento é primordial e tratado com muita seriedade. Procuram alguém com maturidade e que queira, de fato, manter um compromisso. Descartam facilmente os aventureiros, os boêmios, os irresponsáveis, e preferem pessoas mais estáveis. Apreciam, explicitamente, as histórias de amor eterno e as relações com várias festas de bodas, porque acreditam nessa possibilidade. Na verdade, seu objetivo central é estabelecer um núcleo familiar revestido de estabilidade como nos contos de fadas, isto é, como em todas as histórias que retratam as famílias que deram certo, prontas para uma grande fotografia. São hiperexigentes na escolha; quando se decidem por uma união, no entanto, costumam ser tradicionais, gostam de festas, cerimônias e, principalmente, sentem-se na obrigação de comunicar o enlace à sociedade. Na relação, embora críticos e exigentes, costuma ser fiéis e esperam total reciprocidade. Prezam a manutenção da relação e fazem de tudo para mantê-la, aceitando, pacientes e cordiais, a família do outro, apesar das diferenças imponderáveis. Nas sociedades comerciais, seu comportamento costuma ser  semelhante. Previamente à escolha dos sócios, fazem uma grande triagem, uma vez que , definitivamente, não se arriscam nem entram em aventuras. Nos casos de baixa idade astral ou insegurança emocional, mantêm uma união vazia e sem afeto por um tempo longo demais, em nome de uma aparente estabilidade familiar.

Leão - leoninos - leoninas:


O Leão é namorador por excelência, gosta de flertar e da possibilidade de engrenar um novo caso a qualquer momento, por isso é muito comum vê-lo com diferentes companhias sem, ainda assim, estabelecer compromisso com nenhuma delas. No entanto, quando enamorado, é defensor ostensivo da fidelidade e desvia-se, cautelosamente, das armadilhas do caminho. Aqueles que optam por um compromisso mais sério procuram um parceiro bem seguro de si, muito liberal e nada controlador, que esteja sempre transformando o relacionamento em algo diferente. Nada de monotonia e mesmices; caso contrário, um Leão entediado procurará diversão fora da toca. Quem quiser prendê-lo deve deixar a corda frouxa; o Leão adora a impressão da corda frouxa. Nos negócios associativos, tal como nos relacionamentos, precisa de alguém que dê asas a sua criatividade e não procure disputar com ele posições de comando. (Não se esqueça que ele é o rei da selva). Aceita mais facilmente as críticas e novas idéias, desde que não se sinta ameaçado na sua posição de comandante.

Virgem - virginianos - virginianas:


O Virgem procura, almeja ou sonha com uma pessoa sensível, delicada, sem críticas, sem cobranças, sem rivalidades (quase uma santa...). Precisa de alguém que leia suas intenções (nem sempre bem explicadas), que perceba seus secretos desejos e não faça tempestades por ninharias. Mas, como sua mente é um tanto enigmática e mutável, o ideal seria um par que adivinhasse seus desejos. A vida mostra que é difícil encontrar tais criaturas tão antenadas e especiais. Sendo assim, quando a expectativa é muito grande, pode haver enganos e desencantos; portanto, encontrar a pessoa perfeita é um imenso desafio. Nas sociedade comerciais, o Virgem também espera o mesmo padrão de conduta dos sócios, o que é mais difícil ainda de se encontrar.

Libra - librianos - librianas:


O Libra considera os relacionamentos uma grande meta. Ele sabe, como poucos, que encontrar alguém que realmente o complete não é tarefa nada fácil. Muito mais do que talento para conviver, é necessário um certo merecimento que escapa às explicações da lógica convencional. Mas, ainda que todo esforço pudesse trazer algum desestímulo, o Libra parece não se intimidar, acredita, de fato, na possibilidade de ter e manter uma parceria estável e faz disso um objetivo prioritário. Quando a oportunidade lhe bate à porta, nunca teme entrar numa união, e todas as tentativas são valiosas para encontrar o par ideal. Naturalmente, prefere pessoas mais decididas, corajosas e, principalmente, com iniciativa, até porque indecisão e dúvida não lhe falta. Na convivência, prezam a fidelidade e a sinceridade e tem enorme talento para respeitar todas as diferenças, criando um espaço fértil para o aprofundamento da relação. Bom articulador por natureza, procura sempre conciliar interesses e agradar. Ainda que não ganhe todas, prefere perder algumas batalhas a perder a guerra. Por isso, não estranhem vê-lo recuando; certamente, esse movimento faz parte de uma estratégia muito bem arquitetada. Mas quando o decantado equilíbrio lhe escapa e vislumbra a ruína do casamento, vai da melancolia à obsessão para recuperar os elos partidos. Nessas horas, sofre duplamente, tanto pela amargura da perda do afeto quanto pela derrota social. As relações comerciais associativas também os atraem sobremaneira; assim, quando encontram os sócios ideais, invariavelmente atuam como fator agregador.

Escorpião - escorpianos - escorpianas:


O Escorpião sente que sua vida melhora quando se casa; por isso, não hesita quando encontra uma pessoa. Quando entra num relacionamento, entrega-se por inteiro, fazendo de tudo para concretizar seu sonho de união estável e necessariamente prazerosa. Procura alguém que esteja disposto a envolver-se com a mesma intensidade. Pessoas superficiais  ou que não saibam cultivar uma única relação são descartadas logo de início. No convívio, é especialista em criar climas sensuais e românticos. Como é absolutamente consciente da finitude dessa vida, não perde a oportunidade de reafirmar seus sentimentos e de viver intensamente cada momento. Obviamente, tudo isso tem um preço. Qualquer sinal de desinteresse do parceiro é motivo para despertar desconfianças e ciúmes que, em alguns casos, tornam-se incontroláveis, transformando uma relação promissora em um inferno a Céu aberto. Nas sociedades comerciais, o Escorpião não admite superficialidade e espera do sócio a mesma dedicação. Ele tem grande talento para negócios em parcerias cujas tônicas seja o prazer dos lucros garantidos e a preservação de seus bens.

Sagitário - sagitarianos - sagitarianas:


Como todos sabem, viver a dois exige talento e vocação. O Sagitário, certo disso, pensa muito antes de envolver-se num compromisso mais sério. Conhecendo seu impulso aventureiro, não se molda nem se ajusta docilmente ao modelo de casamento tradicional. Quando resolve se casar, o que só deveria acontecer na maturidade, busca um relacionamento com muito diálogo, troca de idéias e, principalmente, sem muitas cobranças. Procura por uma pessoa inteligente, jovial e que possa estimulá-lo numa relação diferente, sem mesmices e monotonias. Adora conversar horas a fio e, muitas vezes, verbaliza melhor os sentimentos, o que aproxima, cada vez mais, seus companheiros. Toda vez que tentam lhe colocar rédeas ou controlar seus horários, é hora de escapar pela tangente e sem grandes culpas. Nos negócios associativos, sua postura é mais receptiva, considera que duas cabeças pensam melhor do que uma, e a divisão do trabalho e dos encargos sempre traz algumas vantagens. Busca sócios com habilidades e competências diferentes das suas para unir forças e expandir as possibilidades.

Capricórnio - capricornianos - capricornianas:


O Capricórnio busca uma pessoa que se encaixe em seus padrões familiares. O casamento é sinônimo de formação de uma família, união, integração de dois clãs e profundo respeito pelos hábitos e tradições de ambos. Para realizar esse ideal, emprega todo o seu arsenal de paciência. Gosta de cuidar da parceria e provê-la, ora dando, ora recebendo colo. Mesmo nos dias de hoje, a maioria ainda prefere os enlaces mais tradicionais, com cerimônias e festas, oportunidades excelentes para um estreitamento de laços sociais e familiares. De acordo com suas reais possibilidades financeiras, fará até alguns sacrifícios para realizar esse sonho. Nas associações comerciais, devido a seu espírito prático e bom manejo do tempo, pode conduzir o grupo a melhores resultados. Na via negativa, o Capricórnio, ansioso com o passar das idades, volta e meia procura compensar a perda da juventude unindo-se a parceiros bem mais jovens ou imaturos, o que, na maioria das vezes, causa sérios problemas de convivência.


Aquário - aquarianos - aquarianas:


O Aquário precisa de um bom casamento, união, parceria ou seja o que for; título não importa, o que vale é a coexistência a dois. Após ouvir todos os seus discursos e teorias em prol da liberdade e independência, salta aos olhos uma verdade oposta: o Aquário viver melhor casado do que solteiro. É vital que busque a si mesmo no outro; portanto, vai se amarrar a um ser a quem admire e enalteça. Diz-se, em bom astrologuês, que ele é atraído pelo tipo solar, brilhante e nobre. Nunca se contenta com pouco, mas, se sua escolha for mal conduzida, vai sempre culpar o escolhido pelas possíveis falhas em atender seus mais altos anseios. E, como não é fácil suprir tantas expectativas grandiosas, muitas vezes o Aquário é obrigado a reconhecer e lamentar o fracasso da união, decorrente da falta de talentos ou de merecimentos de ambos. Nesses casos, um divórcio é a única solução, mas o desgaste geral é bem maior do que se supõe. Como sócios, podem contribuir bastante para o conjunto e, em geral, assumem naturalmente o comando ou ficam sempre próximos ao poder decisório.

Peixes - piscianos - piscianas:


O Peixes possui grande facilidade para entrar nos relacionamentos; seu espírito romântico e pouco crítico aceita os outros com sua particularidades. A verdade que a outra pessoa traz é a realidade; não há o que discutir; é aceitar ou largar. O Peixes costuma estar sempre disponível para realizar o que a pessoa espera e para lutar pelas causas do outro. Muitas vezes, casa-se com quem mais precisa de alguma ajuda e atrai as pessoas mais difíceis com sua complacência. Os Peixes acham que, no casamento, estão sempre aprendendo e compartilhando experiências necessárias. Costumam aceitar tipos muito falantes e até professorais, e consideram que tudo pode ser discutido e superado sem rancor, desde que haja muito diálogo. Por outro lado, quando a paciência esgota, vem a surpresa, os inquietos e ultra mutáveis Peixes escapolem dos relacionamentos desgastados com a mesma facilidade com que entraram. Não há cordas que os aprisionem, e nenhum tipo de interesse os seduz mais do que se verem livres de quem passou dos seus limites. Desapegados ao máximo, somem sem aviso prévio, sem ruído nem rastros. Hiper influenciáveis, seguem quem estiver na vez e for seu ídolo no momento.


*Fonte: Astrologia - Uma Novidade de 6.000 Anos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua atenção.
Bastante proteção em seus caminhos.
Sucesso sempre!
Helen De Rose

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...